Cadeira

Boitatá 

RENDER_BOITATA_FUNDO_TRANP_1.png

A cadeira de leitura Boitatá é inspirada numa combinação inusitada entre duas fontes brasileiríssimas de histórias: o personagem folclórico de origem indígena Boitatá, uma serpente gigante que cospe fogo protetora das florestas nativas da Amazônia, e o período da história nacional em que o norte do país floresceu e prosperou chamado ciclo da borracha.
 

O ciclo da borracha no país teve seu fim quando, em missão pela coroa, o britânico Henry Wickham leva sementes da seringueira para os domínios colonizados na Ásia, onde germinaram e cresceram, tomando o lugar no mercado do norte do Brasil na exportação do látex.
 

Assim, a cadeira Boitatá nasce da brincadeira de imaginar uma vingança da serpente protetora das florestas brasileiras contra seu algoz, representando na peça pelo formato do assento, inspirado nos tradicionais estofados ingleses Chesterfield, devorado pela criatura folclórica.